Newsletter

Cadastre-se e receba nossos informativos

Nome:
Email:
 
Artigos
Mentes Bilhantes
Em: 20/09/2016 por: Aroldo M. Vieira
imagem

Somos todos criativos, basta querermos.

 Nos dias atuais em que somos bombardeados por inovações de toda ordem, também somos desafiados a ser CRIATIVOS para também sermos protagonistas desse mundo novo e não apenas simples expectadores.

Tempos atrás, quando começaram os estímulos das empresas para que os profissionais fossem criativos, havia muita perplexidade no ambiente de trabalho. Muitos entendiam que criatividade era um DOM, uma virtude nata que somente uns poucos privilegiados nasciam com ela.  Tipo Sócrates, Newton,  Einstein, P. Drucker,  Marc Zuckerberg...opa, esse não. Esse ainda não existia.

Se entendia que as pessoas criativas já nasciam assim e os demais seriam mortais comuns, simples consumidores da criatividade alheia.  Também se pensava que os criativos eram pessoas que “inventavam“ algo totalmente novo, meio que saído do nada.

Então, tiveram início as palestras, workshops, livros, etc sobre criatividade nas quais era demonstrado que ser criativo não é necessariamente criar algo totalmente novo. Que melhorias e inovações também fazem parte desse processo. E que também a criatividade é um processo que pode ser aprendido e desenvolvido por qualquer pessoa. Basta querer.

E o método é bem simples: basta parar para pensar e se desafiar no que você quer criar ou melhorar.

Apesar do método ser simples, nos dias atuais parar para pensar é um desafio cada vez maior, pois terceirizamos os nossos pensamentos para os que postam nas redes sociais, na web e cada vez menos, na tv.   “Não temos tempo para pensar”, estamos super ocupados em ler ou ver o que os outros pensaram para nós.  

Mas, se você quer mudar esse jogo a regra é simples: pare alguns minutos por dia para pensar no que você quer criar, inovar ou melhorar no seu trabalho e na sua vida.

Nas empresas algo muito salutar é colocar a criatividade no planejamento de metas: quantos produtos, processos, sistemas e programas vamos criar, inovar, ou melhorar nesse ano?   Isso faz com que os profissionais achem tempo para o exercício da criatividade.

Então, a escolha depende somente de nós:  sermos mentes preguiçosas ou mentes brilhantes.

Pense nisso.

Aroldo M. Vieira - Consultor na SBA Associados, Gestão Estratégica, Gestão Humana, Gestão Comercial, Gestão de Processos.

 

“Tudo já foi dito uma vez, mas como muitos não escutam é preciso dizer novamente” 

( adaptado de Andre Gide)

 

 

 

 

 

 

Mais artigos:
21/07/2017 - Público do CONCARH cresce 22% em relação às edições anteriores
13/10/2016 - Os motivos que fazem a carreira em Recursos Humanos estar em alta
11/10/2016 - A geração que encontrou o sucesso no pedido de demissão
28/09/2016 - e-Social: agora é pra valer!
 
Associação Brasileira de Recursos Humanos Litoral - Regional Itajaí
Sistema Nacional ABRH
Fone: (47) 3342 8877
Rua Samuel Heusi, 463 - Sala 207 - Centro
88301-320 - Itajaí - SC
Todos os direitos reservados 2009.
Desenvolvido por Ydeal Tecnologia.