Newsletter

Cadastre-se e receba nossos informativos

Nome:
Email:
 
Artigos
10 crenças que mantêm o RH na Idade Média
Em: 06/09/2016
imagem

Para as empresas, é uma vantagem ter um profissional competente e motivado. Pelo menos, é assim que pensam os gestores com uma visão moderna. Infelizmente, ainda há profissionais de RH que vivem na Idade Média. É o que diz Liz Ryan, colunista da Forbes que escreve sobre ambiente de trabalho.

Segundo Liz, esses profissionais não gostam da nova visão de RH. Eles se sentem mais confortáveis mantendo o controle sobre os funcionários e alertando-os por qualquer pequena infração. O problema é que os melhores talentos não gostam de ser tratados como crianças ou criminosos. Assim, quando se deparam com um ambiente como esse, não aguentam por muito tempo. Pior: ao saber da fama da empresa, provavelmente nem considerem mandar seu currículo.

Liz dá o exemplo de seu estado, Colorado (EUA), onde ela diz haver uma lista com 15 companhias nas quais nenhum profissional com, digamos um mínimo de respeito por seu trabalho, consideraria trabalhar. E o que as empresas pensam sobre essa reputação, que repele talentos? "Talvez elas até saibam, mas não se importam. Em uma organização preenchida pelo medo, pessoas com autoestima não duram. Elas seriam demitidas ou pediriam para sair em poucos meses, porque a atmosfera é opressiva".

Empresas como essa geralmente constroem suas culturas a partir do medo de perder o controle. "Pessoas com medo constroem paredes e trabalham duro para fazer você saber que elas mandam, e não você", escreve Liz. Para se livrar de situações como essa, a dica é falar sobre o problema. As culturas tóxicas dominam as organizações quando não são resolvidas ou sequer mencionadas. A colunista defende que é possível mudar a visão da equipe de RH. A outra saída é procurar um lugar que dê aos funcionários seu devido valor.

Confira a seguir a lista de pensamentos tóxicos:

1. Todos aqui são facilmente substituíveis. Se você não gosta daqui, acharemos alguém que goste

2.  Seu gerente tem poder, você não. Seu trabalho é fazer o que mandam

3. Criamos essas políticas por um motivo. Não é da sua conta saber qual é esse motivo

4. Nossa missão no RH é manter a companhia longe dos tribunais. Estamos ao lado da companhia, não do seu

5. Alguém com mais poder que você na empresa já resolveu esse problema. E ele não está aberto para discussão

6. Se abrirmos uma exceção para você, teremos que abrir para todos

7. A descrição do seu trabalho e sua faixa salarial te definem. Se você tem talentos não especificados nessa descrição não espere ser remunerado por eles

8. Não espalhe suas ideias pela empresa. Seu gerente te dirá o que fazer. Não é seu trabalho dizer às pessoas o que você pensa

9. Enquanto você estiver neste prédio, está trabalhando. Não fique de conversinha ou cuide de assuntos pessoais. Você pode fazer isso depois - a não ser que a gente te peça para ficar até mais tarde ou te mande para casa com trabalho a fazer, ou te mande email, ou te ligue, etc...

10. Te avisaremos quando você errar. Se fizer seu trabalho, não vamos dizer nada, porque você é pago para isso.

Mais artigos:
21/07/2017 - Público do CONCARH cresce 22% em relação às edições anteriores
13/10/2016 - Os motivos que fazem a carreira em Recursos Humanos estar em alta
11/10/2016 - A geração que encontrou o sucesso no pedido de demissão
28/09/2016 - e-Social: agora é pra valer!
 
Associação Brasileira de Recursos Humanos Litoral - Regional Itajaí
Sistema Nacional ABRH
Fone: (47) 3342 8877
Rua Samuel Heusi, 463 - Sala 207 - Centro
88301-320 - Itajaí - SC
Todos os direitos reservados 2009.
Desenvolvido por Ydeal Tecnologia.