Newsletter

Cadastre-se e receba nossos informativos

Nome:
Email:
 
Artigos
Precisamos de jovens autônomos
Em: 14/12/2015 por: Por Sidnei Oliveira
imagem

Nunca houve um tempo em que o Brasil precisasse tanto de jovens autônomos. Aqueles que tem opiniões próprias e coragem para agir de acordo com elas. Que sabem aproveitar a disponibilidade das informações, buscando sempre um real entendimento do cenário em que vivem, para que assim possam determinar estratégias assertivas para sua trajetória.

Esses jovens de atitude declaram intenções, mas também estão dispostos a agir, mesmo quando não tem os recursos desejados. São determinados e focados, questionam a realidade, propondo novas abordagens com a disposição de assumir os riscos e as falhas que toda inovação apresenta.

Eles sabem procurar por condições favoráveis para suas ideias e quando isso não acontece são flexíveis ao ponto de redesenhar suas propostas, sem prescindir de seus valores, pois sabem que determinação só se alcança com persistência e não com insistência.

Quando os jovens autônomos se apresentam a transformação é inevitável. A sociedade avança na cultura, nos comportamentos, na tecnologia e nas instituições. Tudo evolui e até mesmo a mais profunda crise se enfraquece diante da força desses jovens.

Mas afinal onde estão esses jovens?

Por que tão poucos jovens buscam ser autônomos e insistem em continuar declarando uma independência pessoal, mas vivem vidas dependentes de circunstâncias favoráveis?

Afirmam sonhar grande, entretanto se mantém paralisados diante de desafios menores, como que estivessem aguardando alguma coisa acontecer para que seus sonhos se realizassem. Vivem imersos em suas redes sociais, afirmando que essa é a nova cultura. Consideram isso tão normal e aceitável que agem como se todos devêssemos nos manter sonhando, adormecidos para a realidade.

Os jovens de hoje estão diante de um cenário cada dia mais complexo. A crise continua se agravando e todos, jovens e veteranos, parecem não se importar com as ações de uma classe enorme de políticos corruptos. Os últimos acontecimentos demonstram que a corrupção se instalou completamente diante da impunidade generalizada.

 

Os últimos dias trouxeram à luz denúncias aterradoras atacando todas as instituições brasileiras, principalmente o Supremo Tribunal Federal, que agindo inspirado pelas ações de um jovem juiz autônomo ( Sergio Moro, 43), promoveu uma inédita sentença na história brasileira, ao mandar para a prisão um senador flagrado em delito explícito.

Somente esse episódio deveria inspirar o surgimento de mais jovens autônomos. Contudo, vemos que a grande maioria da população aguarda os acontecimentos como passivos espectadores da tragédia que se anuncia.

Enquanto os mais veteranos se paralisam diante da falta de esperança em mudanças reais, os jovens continuam relutando em buscar sua autonomia, esquecendo que irão viver mais tempo com as decisões decorrentes do cenário atual.

É impossível prever até quando devemos esperar pelo jovem autônomo, mas uma coisa é certa: diante da falta de confiança e esperança dos mais veteranos, só nos resta esperar que os jovens autônomos se tornem mais presentes que os jovens omissos, antes que o cenário fique tragicamente irreversível.

Mais artigos:
21/07/2017 - Público do CONCARH cresce 22% em relação às edições anteriores
13/10/2016 - Os motivos que fazem a carreira em Recursos Humanos estar em alta
11/10/2016 - A geração que encontrou o sucesso no pedido de demissão
28/09/2016 - e-Social: agora é pra valer!
 
Associação Brasileira de Recursos Humanos Litoral - Regional Itajaí
Sistema Nacional ABRH
Fone: (47) 3342 8877
Rua Samuel Heusi, 463 - Sala 207 - Centro
88301-320 - Itajaí - SC
Todos os direitos reservados 2009.
Desenvolvido por Ydeal Tecnologia.