Newsletter

Cadastre-se e receba nossos informativos

Nome:
Email:
 
Artigos
Pesquisa aponta que contratações no e-commerce continua em alta
Em: 23/11/2015 por: ABRH Brasil

A desaceleração econômica do país tem influenciado as vendas no comércio eletrônico nos últimos meses, que cresceu menos no último semestre de 2015. Mas, a contratação de profissionais pelas empresas do segmento continua em alta. É o que aponta pesquisa realizada em agosto pela Universidade Buscapé Company, loja virtual do Grupo Buscapé especializada em cursos preparatórios para profissionais do mercado digital.

Na quarta edição, o estudo contou com 492 respondentes – 51% são proprietários ou sócios de lojas virtuais, 15% são gerentes e 13% analistas, entre outros cargos – e mostra que 45% precisaram contratar para compor seu quadro de funcionários, ao passo que 27% necessitaram demitir.

Questionados se a recente situação econômica tem influenciado na operação da loja, 49% responderam que sim, com diminuição nas vendas. No entanto, mesmo com esse cenário, não foi preciso reduzir as equipes; 15% responderam  não, por estarem crescendo e ampliando as vagas; e 13% sentiram de fato, pois tiveram de demitir com as vendas menores.

“O mercado de e-commerce segue a linha ascendente nos últimos anos e os empreendedores se direcionam para esse setor para encontrar seu espaço, abrindo lojas especializadas”, afirma Daniel Cardoso, sócio-diretor da loja virtual.

Perfil

Sobre o profissional que trabalha nesses sites, homens representam 74% do total, com média de idade de 36 anos; 45% têm até a graduação completa e os pós-graduandos são 28%. A renda média mensal é de R$ 5.077.

Segundo as empresas ouvidas, as habilidades consideradas mais importantes para um profissional do setor são organização e planejamento, foco em resultado e flexibilidade e inovação.

Em todos os tópicos de atividades sugeridas, percebeu-se que os gerentes ainda precisam melhorar seu conhecimento em marketing digital e ferramenta de analytics, mobile, entre outros.

Em uma escala de avaliação, o nível de exigência dos empregadores ao candidato diminuiu, enquanto este último tem alcançado um desempenho ainda menor em 2015, na comparação com 2013. Se exigia nota 4,28, o candidato alcançou 3,45, uma diferença de 0,8%.

O estudo ainda procurou saber como os profissionais adquiriram as habilidades que utilizam, e para 36% foi por atuação na própria empresa, 27% em cursos especializados e 24% frequentando palestras, workshops e seminários.

Mais artigos:
21/07/2017 - Público do CONCARH cresce 22% em relação às edições anteriores
13/10/2016 - Os motivos que fazem a carreira em Recursos Humanos estar em alta
11/10/2016 - A geração que encontrou o sucesso no pedido de demissão
28/09/2016 - e-Social: agora é pra valer!
 
Associação Brasileira de Recursos Humanos Litoral - Regional Itajaí
Sistema Nacional ABRH
Fone: (47) 3342 8877
Rua Samuel Heusi, 463 - Sala 207 - Centro
88301-320 - Itajaí - SC
Todos os direitos reservados 2009.
Desenvolvido por Ydeal Tecnologia.