Newsletter

Cadastre-se e receba nossos informativos

Nome:
Email:
 
Artigos
Eu vejo líderes fortes!!!
Em: 09/11/2015 por: Eduardo Carmello

Há o líder forte, que quer você proativo. E há o líder fraco, que quer você servo.

"Eu vejo líderes fortes, expansivos, que ajudam sua equipe a engrandecer seus talentos. Todo líder forte investe na Meritocracia e na Justiça como forma de potencializar seus liderados.

Eu vejo líderes fracos, dominates, egóicos, que abusam do seu poder para sugar a energia e o trabalho da sua equipe.

Eu vejo líderes fortes, que se preocupam em formar sucessores, que contratam talentos mais inteligentes que ele, para melhorar e elevar a régua de performance da equipe. Líderes fortes querem ser desafiados, querem se atualizar, utilizam talentos inteligentes para afiar seu pensamento e visão.

Eu vejo líderes fracos, que não se preocupam com capacitação, que contratam talentos medianos ou piores que eles, para poder controlar, ser idolatrado e, principalmente, não ser desafiado ou questionado.

Eu vejo líderes fortes, que brigam pelo que é correto, que enfrentam seus superiores quando se desalinham com os princípios da empresa.

Eu vejo líderes fracos, que não assumem seus erros e que baixam a cabeça quando seus superiores são inconsistentes e incoerentes. Muitas vezes delegam para a equipe a conseqüência de seus próprios erros.

Eu vejo líderes fortes, que querem o melhor para todos, que rejeitam favores e privilégios, que insistem em valer pelo que entregam.

Eu vejo líderes fracos, que só pensam em seus interesses, que deixam sua equipe na mão, e que são loucos para receber reconhecimentos e recompensas indevidas.

O líder é forte quando quer que toda sua equipe seja performática e autônoma, mesmo quando estiver em outra empresa.

O líder é fraco quando quer dominar, quando quer que sua equipe o sirva e o idolatre. Não suporta ter um subordinado que seja mais inteligente que ele, não suporta quando um subordinado não o bajule, se ofende quando um subordinado pede demissão pela sua incompetência.

Enquanto um líder fomenta a potência e a realização da equipe para voar com suas próprias asas, o outro drena a energia e a força da equipe, para rastejar e atuar como servos de sua própria impotência."

Eduardo Carmello - Diretor da Entheusiasmos Consultoria em Talentos Humanos, consultor organizacional e conferencista entre os 5 mais reconhecidos do país, segundo o Top of Mind de RH. Autor dos livros Gestão da Singularidade: alta performance para equipes e líderes diferenciados, Resiliência: a transformação como ferramenta para construir empresas de valor e Supere: a arte de lidar com as adversidades (todos pela Editora Gente).

Mais artigos:
21/07/2017 - Público do CONCARH cresce 22% em relação às edições anteriores
13/10/2016 - Os motivos que fazem a carreira em Recursos Humanos estar em alta
11/10/2016 - A geração que encontrou o sucesso no pedido de demissão
28/09/2016 - e-Social: agora é pra valer!
 
Associação Brasileira de Recursos Humanos Litoral - Regional Itajaí
Sistema Nacional ABRH
Fone: (47) 3342 8877
Rua Samuel Heusi, 463 - Sala 207 - Centro
88301-320 - Itajaí - SC
Todos os direitos reservados 2009.
Desenvolvido por Ydeal Tecnologia.