Newsletter

Cadastre-se e receba nossos informativos

Nome:
Email:
 
Artigos
Especialistas dizem como pedir demissão e manter portas abertas
Em: 05/11/2014 por: Ana Maria Ramalho | categoria Sua Carreira

No momento de pedir demissão sempre surgem dúvidas. “Será que estou fazendo certo?” “Como tomar a medida e ao mesmo tempo deixar as portas abertas para um possível retorno?”

O trabalho é quase sempre o lugar onde passamos a maior parte do dia e os colegas de profissão acabam sendo as pessoas que mais convivemos. Com isso é comum fazermos amizades e nos acostumarmos com a rotina na empresa. Difícil é perceber quando chega o momento de pegar as coisas, deixar tudo isso para trás e pedir demissão.

Fernando tem só 21 anos, mas tem experiência nesse assunto. Ele diz que já mudou de trabalho quatro vezes.

“Eu fui testando. Agora, estou mais estável em um lugar, mas tem que ir testando mesmo. Melhor do que ficar em um lugar e não se sentir agradável”, diz o publicitário Fernando Dias.

A vice-presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos Elaine Saad diz que tem a hora certa de mudar de empresa.

“Existe um momento em que chega a reflexão de carreira da pessoa em que ela está descontente com o trabalho dela ou porque o trabalho já não traz mais motivação, ou porque ela já não está mais com a remuneração adequada, ou porque ela entende que é o momento de buscar novos horizontes. Existe também o momento em que ela começa a perceber que a empresa não está mais contente com o trabalho dela. É vital que ela tenha conversas dentro da organização para checar se, por acaso, está chegando o momento em que a organização não vai mais precisar do trabalho dela”, explica Elaine Saad, vice-presidente da ABRH.

Mas e será que tem um jeito de fazer isso e garantir as portas abertas?

“É importante planejar a conversa de uma maneira que ela possa pensar no que ela vai falar, como ela vai falar, quais são as razões para se desligar da organização e, principalmente, levar um plano de como ela vai conduzir essa transição”, aconselha Elaine.

Na hora de pedir demissão, uma dúvida sempre aparece. Contar ou não sobre a decisão? E para quem, em primeiro lugar?

A DMRH e a Cia de Talentos preparou algumas dicas para você deixar a empresa com elegância e profissionalismo. Confira:

1º. Você deve contar sobre a saída se tiver em um cargo importante e estratégico dentro da empresa.

2º. Fale primeiro com o seu chefe, depois com o RH e no final, com os colegas.

3º. Deixe claro as razões pelas quais você está deixando a empresa

4º. É possível que você receba uma contraproposta para ficar. Se mesmo assim a decisão estiver tomada, comunique quando pretende deixar a empresa.

5º. Também defina com a chefia uma data para comunicar essa movimentação aos colegas de trabalho.

6º. E o mais importante: esteja comprometido com a sua saída. Defina como ficarão suas funções e projetos sob sua responsabilidade

7º. Por outro lado, você não precisaria contar sobre a sua saída, com tanta antecedência, se a relação com a chefia não for madura o suficiente e se os projetos puderem ser levados adiante por outros profissionais.

8º. Dê alguns dias para a empresa se preparar para a sua saída. Tente negociar uma data de início com o novo empregador. Até lá, esteja comprometido com as tarefas e o treinamento de quem vai ocupar a sua vaga

Mais artigos:
21/07/2017 - Público do CONCARH cresce 22% em relação às edições anteriores
13/10/2016 - Os motivos que fazem a carreira em Recursos Humanos estar em alta
11/10/2016 - A geração que encontrou o sucesso no pedido de demissão
28/09/2016 - e-Social: agora é pra valer!
 
Associação Brasileira de Recursos Humanos Litoral - Regional Itajaí
Sistema Nacional ABRH
Fone: (47) 3342 8877
Rua Samuel Heusi, 463 - Sala 207 - Centro
88301-320 - Itajaí - SC
Todos os direitos reservados 2009.
Desenvolvido por Ydeal Tecnologia.